Skip to main content

Arquitetura do Futuro: conheça a tendência que vai dominar o mercado

25-10-arquitetura-do-futuro

Arquitetura não se resume apenas a cálculos, formas e linhas, é principalmente sobre as emoções viscerais e profundas que sentimos pelos espaços que ocupamos. Não é surpresa que as pessoas se sintam assim e estejam curiosas para saber como será a arquitetura do futuro. Passamos 100% do nosso tempo cercado pelas construções que criamos, e a forma como nos sentimos sobre elas moldam nosso comportamento de formas que nem imaginamos.

arquitetura do futuro segue então o caminho natural de se adaptar de uma forma orgânica e completa às nossas necessidades, incorporando conceitos filosóficos, avanços tecnológicos e comportamentais à arte do design.

Criar conexões emocionais com as construções que nos cercam é o ponto chave da arquitetura do futuro, e preparamos uma lista das principais características desse novo conceito para você que quer se inteirar.

Uma arquitetura sem barreiras

Designers terão a liberdade de pensar fora da caixa. Com o entendimento de que a arquitetura pode resolver problemas, apresentar novas possibilidades e criar tendências, os designers terão não só a liberdade, mas também o desafio de criar projetos que inovem e abram o caminho para novas formas de pensar e consumir arquitetura.

Sem data de vencimento

O envelhecimento da geração millennials com a tecnologia mudará o conceito de que arquitetura e tecnologia são feitas para jovens, ficando evidente a necessidade de projetos que abranjam todas as etapas da vida. Desestigmatizar o envelhecimento será uma preocupação dos arquitetos do futuro.

Arquitetura do futuro será inteligente e integrada

As barreiras entre design e tecnologia continuarão a cair. Veremos mais do que apenas construções conectadas por alguns aparatos tecnológicos. Haverá uma gama de variações no modo como projetamos, visando a imersão total do consumidor no design e na tecnologia. Veremos a barreira entre arquitetura, design gráfico e tecnologia se fundir.

Consciência e sustentabilidade

A arquitetura vai ceder aos caprichos da natureza, e não o contrário. A coexistência pacífica entre desenvolvimento e meio ambiente será não só uma preocupação, mas uma nova forma de se desenvolver.

O uso de materiais reaproveitados, o não desperdício e o melhor aproveitamento dos recursos naturais já é uma previsão para os próximos 10 anos da arquitetura.

Mais empatia

Um entendimento mais empático e profundo de como cada indivíduo se relaciona com os espaços ou produtos ao seu redor levará à criação de espaços que se adaptem às reais necessidades e sentimentos de cada indivíduo.

Mais uma vez, veremos a tecnologia trabalhando em conjunto com o design para criar ambientes acolhedores e saudáveis para se habitar.

Mais modernidade

Novas tecnologias e ferramentas de projeto serão usadas para proporcionar aos clientes experiências mais realistas e efetivas. Evoluindo das ferramentas bidimensionais utilizadas hoje, no futuro tecnologias como o 4D desempenharão um grande papel na pré-visualização e entendimento de espaços e projetos, facilitando a execução e um melhor aproveitamento de profissionais e consumidores.

Mais adaptação

Se nossos celulares estão aprendendo conosco, porque não as suas cadeiras? A evolução de sensores cada vez mais onipresentes e de materiais adaptáveis permitirá que ambientes e móveis respondam e se adaptem aos usuários.

Arquitetura corporativa e criativa

Nossos locais de trabalho serão locais onde poderemos nos expressar como criadores e exploradores de novos conceitos, liberando a criatividade sem barreiras ou limites. Um ambiente de trabalho otimizado proporcionará uma experiência de liberação, melhorando a produtividade e a forma como produzimos e criamos.

A arquitetura do futuro buscará unificar. Visará criar ambientes interativos, acolhedores e imersivos, capazes de acomodar, aprender e ensinar. Para saber mais sobre a utilização de ferramentas de design na construção de ambientes corporativos, leia nosso artigo  5 benefícios da arquitetura corporativa para o ambiente de trabalho.

Gostou do nosso texto? Aproveite para conhecer mais do nosso trabalho.

 

 

Conteúdos Ricos para Textos no Blog_Cellus catalogo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *