Skip to main content

Como planejar a ergonomia nos escritórios com facilidade

A ergonomia nos escritórios é uma pauta decisiva antes de realizar uma obra ou reforma. É ela que reúne aspectos como interação física entre os colaboradores, produtividade e bem-estar de todos os usuários do ambiente corporativo.

Para que a ergonomia seja planejada da melhor forma, é preciso levar em conta alguns detalhes importantes, como o mobiliário e as divisórias, por exemplo. Esses detalhes trazem vantagens tanto para a empresa quanto para o funcionário.

Qualidade no ambiente de trabalho, otimização dos ambientes e respeito a integridade física dos colaboradores, são alguns dos resultados ao pensar nesse assunto com atenção e estratégia. Já imaginou fazer isso como um profissional?

Descubra nas próximas linhas como planejar a ergonomia dos ambientes da sua empresa com facilidade e agilidade! Vamos lá?

1 – Conheça as necessidades do seu espaço

O primeiro passo para planejar a ergonomia nos escritórios é conhecer as necessidades do espaço da sua empresa. A partir daí, é possível saber como tornar os ambientes mais confortáveis e funcionais.

Além das necessidades do espaço, é preciso avaliar também o que a sua equipe de funcionários precisa. Pessoas com qualquer tipo de deficiência devem ser devidamente atendidas com móveis e acessos apropriados.

Conhecer as necessidades do seu espaço será ideal para escolher os melhores recursos que estarão presentes nele (descritos no item 2 e 3). Assim, você pode alcançar os resultados esperados na ergonomia.

2 – Invista em divisórias de qualidade

É importante investir em materiais de qualidade para a ergonomia nos escritórios, inclusive nas divisórias piso-teto. Elas serão as ferramentas principais para uma solução completa em divisão de ambientes.

Portanto, invista em divisórias de qualidade. Além disso, faça um levantamento com os funcionários e fornecedores para descobrir quais são os melhores locais para inserir as novas divisórias e quais os modelos mais convenientes para o escritório.

Existem divisórias com acabamentos e formatos totalmente personalizados. Vale a pena verificar se elas são relevantes para a sua empresa, já que garantem uma modulação adaptável que traz flexibilidade e beleza aos projetos de obra.

3 – Escolha os móveis adequados

A escolha dos móveis para escritório é um passo muito importante dentro do planejamento. Aliás, uma escolha mal feita pode ocasionar sérios problemas para a saúde dos colaboradores que usam o espaço diariamente.

Para atender os requisitos da ergonomia nos escritórios, verifique a Norma Regulatória 17 (NR17). Ela visa estabelecer os parâmetros que permitam a adaptação das condições de trabalho às características psicofisiológicas dos trabalhadores.

Dessa forma, ela pode orientar a sua escolha ideal dos móveis. E lembre-se que os móveis podem ser personalizados conforme as necessidades da empresa também, avaliados no primeiro item. E aí vem aquela dúvida…

Como decidir a ergonomia nos escritórios na prática?

Para colocar a mão na massa e resolver a questão da ergonomia nos escritórios, é fundamental contar com um ótimo fornecedor. Em outras palavras, ter um parceiro em quem você possa confiar todo o seu planejamento.

Neste sentido, a Cellus Espaços Corporativos pode ser uma ótima parceira para o seu negócio. Com a produção, entrega e instalação de móveis para escritório personalizados, a Cellus trabalha com foco em resultados.

Sua equipe altamente especializada em personalização de ambientes corporativos, atua com a elaboração e acompanhamento dos projetos do começo ao fim. Desse modo, a otimização do escritório conquista os efeitos esperados pelo empresário.

Para saber mais, solicite um contato e conte com divisórias piso-teto e móveis de alto padrão para o seu negócio!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *